Sócrates tem condições para continuar?

domingo, 8 de novembro de 2009

Sporting: E agora?













O ciclo de Paulo Bento há muito tinha chegado ao fim. E Agora?
A mim não me deixa saudades, pois não gostava do seu sistema (ou a falta dele) e também das suas embirrações com a arbitragem que tanto prejudicavam o nosso clube. No entanto, obviamente que reconheço o seu percurso que considero positivo (a parte de ficar sempre á frente do Benfica ajuda imenso). Com o fim deste ciclo, sairam também Pedro Barbosa e Miguel Ribeiro Telles. Duas pessoas que praticamente não se vão notar as suas ausências, principalmente do primeiro que nem sei o que estava lá a fazer.


E agora quem vai suceder a estes nomes? É o que todos perguntam..

Em relação á substituição de Barbosa e Telles parece-me obvio que a escolha deverá ser Sá Pinto (tem carisma) e Carlos Freitas.

No que se refere a treinadores, temos como nomes mais falados: Manuel Machado, André Villas Boas, Co Adriaanse, Scolari e Fatih Terim. Aceitam-se apostas: Quem irá ser o escolhido?


Apesar de gostar de mais do que um nome, a minha aposta recai em Co Adriaanse. Um treinador que trabalhou na formação do Ajax, gosta de futebol de ataque, é rigoroso nos treinos e é acessivel em termos monetários..
No entanto, venha quem vier, que faça um bom trabalho!

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

ERC emite parecer

Escrevo hoje pela última vez sobre este tema.
A Entidade Reguladora para a Comunicação Social reprovou, em deliberação, o que considera ter sido a interferência da administração da TVI na esfera de competências da direcção de informação, em relação à suspensão do Jornal Nacional de Sexta.
Ficou também decidido, a abertura de um processo de apreciação com o intuito de apurar se existiu ou não ingerência do poder político ou económico na actividade do operador relativamente à suspensão do Jornal.
Penso que fica demonstrado que se tratou de um acto ilegal.
É estranho este relatório ter demorado 40 dias a ser elaborado e ter surgido após os actos eleitorais... mas estamos em Portugal...

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Insultos de Maitê Proença

video

Hoje vi nas notícias uma reportagem com este video e fiquei literalmente de boca aberta!!! Considero esta Senhora uma grande actriz, até mesmo uma das melhores actrizes brasileiras. Talvez por este motivo tenha ficado indignado com a forma como insulta os portugueses. O video foi realizado pela actriz, para o programa Saia Justa do GNT e está a causar grande polémica. Durante uma passagem por Portugal, Maitê visitou Sintra, Padrão dos Descobrimentos e Mosteiro dos Jerónimos. Durante toda a visita, nós, Portugueses, somos incrivelmente gozados! A Senhora quase nos chama burros, goza com a história de Portugal e acaba por cuspir no Mosteiro dos Jerónimos..

Resta-nos continuar a comprar os seus livros e os bilhetes para as suas peças..

Vejam o video e tirem as vossas próprias conclusões!!!

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Murraça em Sócrates

















Quem é que nunca pensou em dar umas murraças ao Engenheiro José Sócrates?? Está aqui a grande oportunidade: http://www.leg09.com/ !
Encarnem o papel de Manuela Ferreira Leite e vinguem-se por tudo o que ele nos tem feito:)
É pena não ser Real..

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Voto Contra Socrates


Dia 27 são as eleiçoes legislativas. Votarei contra Socrates. Tenho acompanhado alguns debates e sei perfeitamente que Manuela Ferreira Leite é bastante fraca. No entanto, Socrates também não me convenceu.
Uma das frases que ouço quase todos os dias é :"Ainda poderiamos estar em pior situação..", o que espelha bem como vai Portugal.
Eu voto contra. Cansei-me do caso Freeport e da suposta falsidade da sua licenciatura, temas que nem vou abordar aqui! Mas estes não são os únicos factores que fizeram com que esta legislatura me pareça negativa:
-A taxa de desemprego subiu de 6,8% em 2005 para 9,3% em 2009;
-A dívida pública subiu de 62% do PIB em 2005 para 70,7% em 2009;
- O défice do Estado subiu de 5,2% do PIB em 2005 para mais de 6% em 2009;
- O endividamento das famílias subiu de 118% do rendimento disponível em 2005 para 135% em 2008;
- O rendimento por habitante é em 2009 o segundo pior da Zona Euro;
-A subida de impostos no inicio da legislatura levou ao encerramento de muitas empresas e consequentemente á subida do desemprego.
A minha opinião foi formada, através de todos estes factores.
Sou alguém que não percebe nada de politica, mas que gostava de ver algumas mudanças, para o bem de todos Nós.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Escândalo

Escândalo. Não encontro outra palavra para definir a situação que se vive na TVI. Já se especulava, até há demasiado tempo, que a Prisa pretendia colocar um ponto final no Jornal de Manuela Moura Guedes. No entanto, este fim anunciado a três semanas das eleições, torna-o num facto bastante importante, pois ao que tudo indica, trata-se de um atentado à liberdade de expressão, algo que não me recordo ter acontecido nos últimos tempos em Portugal, pelo menos com estas dimensões.
A ordem foi lançada pela Prisa, que como todos nós sabemos é uma aliada do PS. Este partido, tem revelado um certo desconforto sobre este Jornal e tem vindo a pressionar e a contestar os seus responsáveis.
A decisão colocou muitas coisas em causa: A dignidade e seriedade dos jornalistas, a independência jornalística e a liberdade de expressão.
Não se trata de gostar ou não gostar do Jornal. Trata-se sim, de perceber que o que se fez para atingir um certo objectivo, silenciando as vozes que incomodavam...
Para expressar a gravidade da situação em causa, a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) decidiu hoje a abertura "imediata" de um processo de averiguações face às notícias que dão conta da extinção do Jornal de Sexta da TVI.
"Perante a situação descrita e a eventual violação de valores com dignidade constitucional, de que é exemplo a liberdade de imprensa, o Conselho Regulador delibera, no âmbito das suas atribuições relativas à defesa do 'livre exercício do direito à informação e à liberdade de imprensa', a imediata abertura, com carácter de urgência
, de um processo de averiguações", refere a ERC num comunicado hoje divulgado.
A extinção do Jornal de Sexta, decidida pela administração da Media Capital (proprietária da TVI) e anunciada hoje, levou a direcção de informação e chefia de redacção do canal a demitirem-se em bloco!
Concluo que deverá haver muitas pessoas satisfeitas com este fim, mas também calculo que vão terminar da mesma forma..veremos!!!

sábado, 27 de junho de 2009

Rei Da Pop: 1958-2009


Um sentimento de profunda tristeza. Foi o que senti, quando liguei o rádio e ouvi esta trágica notícia: Michael Jackson morreu aos 50 anos, dias antes de regressar ao activo com uma tournée de 50 concertos que prometia ser inesquecível.
Confesso que tinha grandes expectativas neste seu regresso.
Lembro-me de ouvir as suas músicas e ver as suas coreografias na minha infância. Michael era e sempre foi um fenómeno. Em todos os programas de imitações, surgia sempre alguém a imitá-lo, pois ele era um idolo, ou até talvez mais que isso.
Apelidado de rei da Pop, dançava como nunca ninguém tinha visto! A ele pertencem os cinco álbuns mais vendidos de sempre: «Off the Wall» (1979), «Thriller» (1982 - que ainda hoje mantém o recorde de disco mais vendido de sempre nos registos do Guiness), «Bad» (1987), «Dangerous» (1991) e «HIStory: Past, Present and Future - Book» (1995).
Michael foi o primeiro Afro-americano a ter grande sucesso a nível mundial.
Quem não conhece musicas como "Billie Jean", "Thriller" ou “Beat it”?
Foi sem dúvida um dos melhores cantores de Pop que alguma vez existiu. O ritmo das suas canções, o seu jeito próprio, a sua postura, a sua forma de cantar, a sua irreverência, a sua coragem, o seu talento e o seu gosto pela música cativaram tudo e todos.
Por tudo isto, Michael ficará para sempre ligado à história da música e jamais será possível esquecê-lo.

terça-feira, 26 de maio de 2009

Manuela Moura Guedes


O assunto mais falado nos últimos dias é a acesa discussão entre Manuela Moura Guedes e Marinho Pinto no Jornal Nacional de Sexta.
Eu gosto da Manuela. É um facto indiscutível. Gosto do seu estilo irreverente, audaz, capaz de fazer perguntas que jamais alguém tem coragem para as fazer. Com ela não há entrevistas combinadas, daquelas em que não aparecem as questões comprometedoras. Manuela diz tudo, questiona tudo. Sem medos.
Muitas pessoas são da opinião que Manuela persegue Sócrates, bem como outras figuras da política. Eu não acredito nisso, pois acho que procura a verdade, algo que não é bem aceite por muitos..Aliás, esta é a opinião da maioria dos Portugueses, porque embora para alguns custe a aceitar, este Jornal é o mais visto da Televisão Portuguesa.
Sempre gostei desta postura da TVI: informar as pessoas sem olhar a interesses políticos. Só que esta postura criou alguns inimigos, sendo exemplo disso esta discussão entre Manuela e Marinho.
Marinho Pinto não tinha moral para chamar o que quer que seja ao trabalho de Manuela. Uma pessoa que acusa tudo e todos de corrupção, sem dizer nomes e sem provas, merece alguma credibilidade? Não seria melhor este Sr. estar caladinho?
Manuela esteve bem. Que continue o seu caminho!

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Susan Boyle, Uma excepção!


Susan Boyle é um fenómeno de popularidade neste momento. Trata-se de uma escocesa que apareceu no reality show Britain's Got Talent e que encantou o mundo inteiro. Para se ter uma noção deste grande impacto, é suficiente referir que o seu vídeo já ultrapassou 186 milhões de visitas em apenas 3 semanas!
No momento em que se apresenta em palco, as pessoas presentes na plateia, o júri, ou até mesmo quem assiste ao vídeo, demonstra logo desconfiança e preconceito devido ao aspecto desleixado que Susan transparece. No final da actuação todos ficam com uma sensação de cinismo e de julgamento errado perante a grandeza da sua voz. Tudo isto fez-me reflectir: Qual será a razão de ao olharmos para Susan, termos vontade de rir e de não acreditarmos no que pode fazer, sem ainda não termos factos para executar essa avaliação? Conscientemente ou inconscientemente fazemos isto todos os dias!
Vivemos numa sociedade em que vigoram certos estereótipos, onde as pessoas são rapidamente categorizadas. Susan serve como um exemplo de quão superficiais nos tornamos. A idade, a raça, a aparência, são algumas das categorias que usamos para dividir as pessoas. Se uma pessoa não preenche determinados "requisitos", torna-se mais difícil ter uma oportunidade, porque simplesmente não é procurada e consequentemente tem dificuldade em provar o seu valor. Ao não encaixar nas nossas ideias pré-concebidas, tentamos ignorar as contradições e só as aceitamos quando já nada podemos fazer para o evitar!
Neste caso específico, Susan já viu o seu talento reconhecido, mas não passará de uma excepção na mente da maioria das pessoas.
Existem factos que nunca vão mudar. A sociedade até pode desaparecer com algumas ideias pré-concebidas, mas novas surgirão. O nosso gosto pelo estereótipo dificilmente irá mudar.


Susan está a conseguir vingar. Uma excepção, claro!

sábado, 11 de abril de 2009

Quique Sem Flores

No dia 5 de Abril vi um dos piores jogos desta liga 2008/2009. Para minha felicidade, o Estrela da Amadora-benfica foi um péssimo espectáculo de futebol.

Vi um benfica sem fio de jogo, incapaz de colocar a bola no chão e jogar. Para além de várias opções técnicas discutivéis (por exemplo, Aimar encostado à esquerda e Ruben Amorim à direita), a equipa apresentou-se sem motivação, o que já vem acontecendo, e parece até que já se resignou à posição que ocupa na tabela classificativa (ainda bem).
Os jogadores do Estrela deram uma lição a Quique. Durante o encontro não se percebeu quem não recebia o seu salário há vários meses, tal era a força e motivação de todos os jogadores do Estrela. O benfica devia ter feito mais: jogou contra uma equipa que não tem treinado durante a semana, que atravessa uma crise e mesmo assim não soube aproveitar essas fragilidades.

Quique construiu um plantel na medida do possível, mas com a sua mão em algumas contratações, que como se tem visto na sua maioria não foram bem sucedidas.
Estamos quase no fim da época e Quique admite que já houve jogos em que a equipa foi parecida com o que quer, mas já houve muitos em que não se parece com nada disso. Ou seja, em 8 meses, ainda não mostrou praticamente nada e arrisca-se a terminar a época quase de mãos vazias: leva uma taça oferecida pelo Sr. Lucilio Baptista, uma prestação mediocre na UEFA e um terceiro lugar na Liga. Nada mais.
Ao olhar para a assistência do jogo na Amadora (5mil espectadores) pode chegar-se a uma conclusão: Os adeptos não estão com o treinador.

Quique vai sair. E sem Flores no final.

domingo, 5 de abril de 2009

O vosso Abraço





A vida pode mudar a qualquer momento. Há um ano atrás, neste preciso dia estávamos juntos. Os três. Lembro-me perfeitamente desse dia: Bebemos um café e fomos jogar bowling. Perto da meia-noite, fomos para junto da rodoviária para comer o belo do hamburguer..Olhei para o João e reparei que ele olhava fixamente para o telemovél..Era precisamente meia-noite, já estavamos no dia 5, e ele deu-me um abraço e os Parabéns. Seguidamente o Ricardo e a Mariana.
Infelizmente, esse abraço não voltará a acontecer. Sinto a tua falta João. De toda a tua espontaniedade, da tua alegria!Apesar de teres partido para o céu e de o Ricardo estar em Lisboa, é como se estivessemos os três juntos nesta hora! Sim, eu sei que vocês estão comigo.

Lembrarei-me sempre do vosso abraço.

segunda-feira, 30 de março de 2009

Os Produtores



Surpreendente. É a palavra que encontro para definir o musical Os Produtores. Confesso que quando fui para o Tivoli, já esperava um bom espectáculo, mas no entanto este superou as minhas expectativas.
Um elenco liderado por Miguel Dias e Manuel Marques é só por si, um grande passo para a qualidade estar garantida. Se a estes dois actores juntarmos a bela Rita Pereira, Custódia Galego e Rodrigo Saraiva, ficam juntos todos os ingredientes para o sucesso.
A história gira á volta de Max (Miguel Dias), e Leo (Manuel Marques). O primeiro é um produtor falhado de musicais e o outro é um contabilista neurótico. Entre estes, surge a ideia de um esquema milionário: a produção de um musical cujo principal objectivo é ser um fracasso. Para isso, Max e Leo, escolhem a pior história de sempre (Primavera para Hitler) e os piores actores de sempre. É nesse momento que surge Ulla (Rita Pereira), uma Sueca muito sexy, mas também algo ignorante, o que a torna numa das figuras da peça. Como procuram o fracasso, são também seleccionados os piores encenadores de sempre. Ao fazerem esta produção, nunca esperaram que o resultado final fosse uma verdadeira sátira a Hitler. Por isso, contra as expectativas dos dois produtores, a peça acaba por ser um sucesso!!
Ao longo de mais de duas horas e meia, somos brindados com momentos divertidíssimos entre Max, Leo e Ulla. É impossível não rir com todas as situações provocadas por estas personagens.
Neste musical, tenho que destacar os actores Miguel Dias e Manuel Marques, pois mostram toda a sua experiência e capacidade para fazer comédia.
Tenho também de referir a actriz Rita Pereira, que se estreia no teatro e logo de forma arrasadora: Ela canta, dança e representa. Mostra-nos o seu talento e beleza.
Por último, falta-me referir o actor Rodrigo Saraiva que criou um personagem muito engraçado, que mesmo não sendo protagonista, acaba por nos tirar algumas gargalhadas.
Trata-se portanto de um musical bem conseguido, com uma boa história, actores de qualidade reconhecida e com coreografias muito bem realizadas. A não perder, pois é a prova de que em Portugal se podem fazer coisas com qualidade..
Eu estive lá e gostei muito.

Ao meu amigo Ricardo, que insisti tanto para ir e quase o obriguei, espero que tenhas gostado.. :)

domingo, 22 de março de 2009

Ao vosso Lado



Estou do vosso lado Sporting. Nas derrotas e vitórias. Sempre.
Para mim o futebol é uma paixão. É um encanto ver os pormenores técnicos revelados por alguns jogadores. É uma emoção ouvir o constante coro das claques, com letras repletas de sentimentos. Por tudo isto digo com tristeza: É uma desilusão a arbitragem portuguesa.
Ontem ficou mais uma vez provado que ainda há muito a fazer pela arbitragem em Portugal. A forma como se falseia um resultado, é de uma revolta tremenda.
Na final da taça Carlsberg Cup, o jogador Pedro Silva e o árbitro Lucilio Baptista acabaram por ser os protagonistas do lance mais polémico.
O árbitro errou. Não há nada a fazer, mas fica um facto por esclarecer: Sendo impossível ver o lance, e tendo os auxiliares dito que não era falta, quem terá dado indicação para assinalar o penalti e a consequente expulsão? Esta é uma dúvida que fica guardada na mente ou carteira de algumas pessoas.
Este acto só poderia gerar uma grande revolta, uma vez que foi um passo decisivo para encontrar o vencedor da taça.
O Pedro Silva não conseguiu conter a sua indignação.
Não se trata de um grande jogador, muito longe disso. No entanto foi o espelho da equipa: Grande atitude, raça e querer. No fundo, as qualidades que muito aprecio num jogador. Concordo e aceito a tua atitude. É o que ia na alma de todos nós. Fizeste bem Pedro. Eles que fiquem com a medalha! Se querem respeito, dêem-se também a ele..
Estou do vosso lado Sporting. Nas derrotas e vitórias. Sempre.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Precipício


A vida é feita de escolhas. Estamos constantemente a fazer o nosso caminho e por mais tenebroso e escuro que seja há e haverá sempre mais que uma opção.
Há momentos em que tudo nos passa pelo pensamento..
E o precipício está ali.
Basta dar um passo em frente e coloca-se um ponto final em tudo o que a realidade oferece. Um passo que pode ser considerado um acto de coragem ou um acto de cobardia. Algo motivado por este mundo em que vivemos. Mundo este, onde o que conta, é o que não tem a mínima importância..e onde a injustiça impera.
E o precipício está ali.
Colocamos tudo em causa, até mesmo se valerá a pena tentar encontrar o caminho por outra estrada. Caminhamos para o abismo sem o final desejado no horizonte.
E o precipício esta ali.
A vontade de acordar noutro sítio, longe de tudo e de todos pode-nos levar a querer deixar tudo para trás. Será o caminho mais fácil. Mas poderá não ser o caminho mais certo.
A escolha, essa maldita, dependerá sempre de nós e sempre com as devidas consequências.

E o precipício está ali…

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Cumplicidade


Os momentos vão passando,
No meu mundo vais permanecendo,
Todos os dias partilhando,
E páginas da vida escrevendo..

No infinito uma miragem é vista,
Nossa cumplicidade tão importante,
Uma amizade tão realista,
Algo Puro e marcante..

Na linha da tenuidade,
Vives e encaras o mundo,
Procuras tudo com humildade,
Sempre com um sentimento tão profundo!

A certeza da tua mão estendida,
O teu abraço nos piores momentos,
Tua amizade nunca perdida,
Entre guerras e tormentos…

Só a amizade faz sentido,
Nesta pequena viagem..
Por isso fica aqui prometido,
Nossa amizade será sempre uma grande imagem!


Momentos




A minha vida é feita de momentos. Pequenos Momentos. E tu estás presente na maioria deles.
Não são precisos registos, pois há certas coisas que ficam guardadas na nossa memória.
O que nos fez rir. O que nos fez chorar. O que tocou bem lá no fundo.
Fecho os olhos e revejo todos esses momentos como se fossem neste preciso instante..
Vejo as nossas férias no Algarve durante vários anos: as tentativas de tramar o teu irmão no Monopólio, os jogos de futebol, as Diagonais, as idas ao cinema (A Vida é Bela está no nosso Top), os almoços no Índio..
Vejo as comemorações do Euro 2004 em que partimos o vidro do carro..os jogos em que treinei o Boomerang e me era difícil substituir-te..
Vejo as reuniões do pessoal na tua casa..as vezes que te fui pôr à escola.. as nossas idas aos jogos do Sporting, ao estádio, aos pasteis de Belém, ao concerto dos Xutos e da Mafalda Veiga..as vezes que precisei de ti e estiveste lá.
Vejo todos estes momentos que formam a nossa amizade.
Algo que não se podia perder.
És uma das poucas pessoas que chateio com os meus desabafos e problemas, com as minhas comédias, com tudo o que me vai acontecendo. És sem duvida uma pessoa muito importante na minha vida, que está sempre presente e por quem estou sempre preocupado constantemente.
Nos últimos tempos a vida não te tem sorrido. Eu sei. Tens passado por diversos obstáculos.
No entanto acredito que conseguirás chegar longe. Em ti vejo um sonhador. Uma pessoa lutadora e repleta de hulmidade. Capaz de ajudar o desconhecido..Preocupado com o próximo..um exemplo a seguir.
Quero aqui agradecer-te a tua amizade. Nunca esquecerei as palavras que me disseste naquele momento tão difícil: “..ainda bem que não ficaste chateado comigo, isto seria muito mais difícil de ultrapassar”. Choramos. E eu pensei na razão de me estares a dizer aquelas palavras se tu é que poderias ter motivos para estar chateado comigo!!

Por tudo isto, eu é que tenho que agradecer o facto de continuarmos a ser amigos. O facto de continuares a fazer parte de todos estes momentos. Porque seremos sempre cúmplices.

Obrigado Ricardo.






domingo, 18 de janeiro de 2009

Mafalda Veiga



Nascida a 24 de Dezembro de 1965, Mafalda Veiga, é sem duvida uma das melhores cantoras portuguesas, capaz de arrastar pequenas multidões aos seus espectáculos.

Tendo como característica principal a hulmidade, conquista as pessoas pela simplicidade das suas letras e por tudo o que transmite. Mafalda tem um dom. O dom da escrita. Até porque às vezes é difícil dizer por palavras aquilo que sentimos, apesar de o sentirmos intensamente. Ela consegue-o fazer perfeitamente e mostra-nos o quanto os pormenores da vida são importantes.

Ao ouvir as suas letras, é como se eu fizesse uma viagem no tempo..encontro as minhas histórias lá reflectidas e acredito que muitas pessoas se revejam nelas. São histórias simples. Histórias de vida. Histórias que nos fazem olhar para o futuro com outro olhar. Um olhar mais profundo.

No dia 23 vou lá estar no Coliseu. Sentirei a magia da sua música..recordarei muitas histórias..algumas de amizade, através da letra "Cúmplices" (amigo Ricardo) e com “Cada lugar teu” (amigo João). Um concerto que será sem duvida alguma o melhor que já vi!
Espero sinceramente que ela consiga alcançar o reconhecimento que merece e que ainda não foi de todo atribuído!


Obrigado Mafalda por partilhares as tuas histórias, que também são as "nossas histórias"..

domingo, 11 de janeiro de 2009

A Partida


Tu que partiste,
Deixaste rasto de saudade,
Por tantos momentos de felicidade..
Memorias deixadas,
Que jamais serão apagadas..

Tu que partiste,
Sempre com um sorriso presente,
Sem nunca estares ausente..
Estiveste na Maior,
Sem ligar a qualquer pormenor...

Tu que partiste,
Com o teu sentido de humor,
Sempre como um lutador…
Marcaste as nossas vidas,
Agora algures perdidas…

Tu que partiste,
Com tudo para conquistar..
É difícil acreditar!
Na nossa memória irás permanecer,
Ate nos voltarmos a ver..



Ate Um Dia..

Volta Tradição...

O Natal é sinónimo de consumo extremo para alguns e demonstração de sentimentos para outros.
Na generalidade quando se pensa em Natal, apenas surge a palavra Prendas. A nossa sociedade vive á volta de um consumo sem igual nesta altura do ano. As razões que levam a isso são várias e difíceis de entender.
As pessoas vivem ocupadas o ano todo, por vezes perdendo tempo com coisas sem a mínima importância, e tentando compensar essas falhas, perdem-se em compras intermináveis como se isso fosse o mais importante.
Nesta altura, penso particularmente nos sem-abrigo, nas pessoas que sem família vivem abandonadas todo o ano. Pessoas que dariam tudo para receber um simples abraço, um afecto, uma demonstração de amizade.
Penso também nas crianças abandonadas..
Enquanto cada um se preocupa consigo próprio, morrem por minuto mais de 17 seres humanos á fome. È uma realidade.
Este é apenas um dos factos que torna este consumo questionável. Obviamente que não há uma solução fácil para acabar com a fome e a miséria no mundo, mas acredito que se as pessoas pensassem um pouco mais nos que estão á sua volta de certo que haveria mais gente feliz.
Muita pena tenho que ao longo dos anos se tenha perdido o real valor do Natal..os votos sentidos, o mostrar dos sentimentos…
Por tudo isto peço: Volta tradição…




Nota: Escrevo sobre este tema devido ao meu amigo Ricardo (de quem falarei brevemente) que me mostrou o quanto um gesto simples pode ser a melhor prenda de Natal que alguém pode receber. È verdade. A tua amizade é a melhor prenda que me podes dar! Obrigado!

domingo, 4 de janeiro de 2009

A magia de uma Criança

És apenas uma criança,
Que brinca,
Que pula,
Que vive a vida com a magia,
Como eu tambem queria..
És a inocência que deveríamos ter,
Mas que tanto fazemos por parecer..

És apenas uma criança,
Que observa,
Que pergunta,
Que esta sempre entre o sonho e a realidade,
Não se apercebendo da crueldade..
És parte de mim,
Temos uma cumplicidade sem fim...


És apenas uma criança,
Que chora,
Que reage por instinto,
Que esta sempre presente,
Reagindo espontaneamente.
És um sorriso que nunca vou esquecer..
Temos uma vida inteira para o viver!


Para ti Bia...

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Atrevimento

Peço desculpa a todos os que sabem escrever, pelo meu atrevimento.
Não me passa pela cabeça, que este blog seja lido por muitas pessoas, mas não resisti ao apelo da escrita.
Apetece-me descrever tudo o que me vai na alma. Tudo o que sinto. Mostrar os meus pontos de vista. Mostrar aquilo que sou :)